Curiosidades

08 de dezembro na história: John Lennon é assassinado por um fã

Mark David Chapman disparou cinco vezes contra Lennon e acertou quatro; Ele foi condenado à prisão perpétua

O dia 8 de dezembro de 1980 deixou uma mancha na história da música mundial. Nesta triste data, o ex-Beatle John Lennon foi assassinado por um fã em frente ao seu prédio, o Dakota, em Nova York. O assassino, Mark David Chapman, disparou cinco tiros, dos quais quatro acertaram o músico. Ele foi preso e condenado à prisão perpétua nos EUA.

Com o violento episódio, encerrava-se a vida de um talentoso músico e também de um militante da paz. Nascido no dia 9 de outubro de 1940, em Liverpool, na Inglaterra, quando pequeno, Lennon queria ser marinheiro, como o pai, mas tornou-se músico depois de escutar Elvis Presley. Em 1957, formou a banda que seria os Beatles, e, na década de 60, conquistou enorme sucesso cantando e compondo músicas com Paul McCartney.

No meio dos anos 60, trabalhou em outros projetos paralelos com a artista de vanguarda japonesa Yoko Ono, com quem se casou em 1969. No mesmo ano, ele também deixou os Beatles. O ativismo político dos dois ficou muito evidente no início do trabalho solo de Lennon, incluindo “Imagine”, e isso atraiu a atenção do governo dos Estados Unidos, que pretendia deportar os dois. Depois de 1975, Lennon deixou a vida pública e, com Yoko, retornou com o álbum “Double Fantasy”, pouco antes de ser assassinado. Seus filhos, Julian e Sean, também se tornaram músicos.

 

Fonte: History.com

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios