CuriosidadesFutebol

08 de julho na história: Seleção Brasileira é goleada por 7 a 1 contra a Alemanha

A derrota ainda ficou marcada por Klose ter se tornado o maior goleador da história das Copas, ultrapassando Ronaldo

O dia 8 de julho de 2014 ficou marcado pelo maior vexame da história do futebol brasileiro. Na semifinal contra a Alemanha na Copa do Mundo, a Seleção Brasileira perdeu por 7 a 1.

A derrota ficou marcada como o “mineiraço”, pois ocorreu no estádio do Mineirão e faz referência ao “Maracanaço”, quando, no Maracanã, a seleção perdeu a Copa de 1950 para o Uruguai. O jogo da década de 50, antes considerado a maior vergonha da Seleção, perdeu a coroa para a derrota esmagadora contra os alemães.

Neymar não participou do vexame. Abandonou a competição nas quartas após sofrer uma grave lesão. O Brasil, parecendo não ter estudado a qualidade do rival, estava perdido em campo. Não conseguia vencer disputa alguma no meio de campo, ainda mais com o alto nível dos jogadores adversários.

Não levou muito tempo para a superioridade alemã se reverter em números. O Brasil foi atropelado por um legitimo tanque alemão. 5 gols em 18 minutos. O primeiros aos 11, Thomas Müller, Klose, aos 23, Kroos duas vezes, aos 24 e 26 e Khedira fechou o placar do primeiro tempo com 29 minutos jogados. O gol de Miroslav Klose entrou para a história, pois foi o gol que o tornou o maior goleador das Copas do Mundo com 16 gols, ultrapassando o brasileiro Ronaldo com 15.

Menino chorando é consolado pelo pai enquanto jogo rola Foto: Eduardo Nicolau / Agência estado

Ao final do primeiro tempo, vaias. A Seleção Canarinho recebia chuvas de ofensas. Por outro lado, os alemães eram ovacionados pelos mesmos que vaiavam a seleção de sua pátria. Os brasileiros reverenciavam o espetáculo alemão.

Durante o intervalo, nem mesmo os alemães conseguia acreditar em tamanha facilidade. Decidiram tirar o pé, para não causar ainda mais tristeza no povo que o acolheu tão bem durante um mês.

Só faltou combinar com André Schürrle que fez questão de marcar duas vezes, fechando o marcador pelo lado alemão do confronto. O Brasil, aos 45, decidiu marcar um gol com Oscar. Apenas para fazer um charme no placar. Sete a um e a maior goleada da Seleção Brasileira em Copas do Mundo. A tão temida amarelinha agora era motivo de piada em todo o mundo.

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios