Curiosidades

12 de março na história: Gandhi realizava a Marcha do Sal

O ato foi um protesto contra o governo britânico que proibia os indianos de extraírem o sal de seu próprio país.

No dia 12 de março de 1930 aconteceu a que ficou conhecida como a Marcha do Sal. A marcha foi um ato de protesto de Mahatma Gandhi contra a proibição, imposta pelo britânicos, de extrair sal na Índia colonial.

O protesto teve início pois os indianos eram obrigados a comprar tudo que fosse industrializado do Reino Unido. Isso incluía não poderem extrair e comprar seu próprio sal.

Gandhi pegando um pouco de sal em um ato simbólico

Gandhi Iniciou sua caminhada e foi de Sabarmati Ashram até Dandi, para pegar um pouco de sal para si. Um grande número de indianos acabou seguindo Gandhi, de livre e espontânea vontade. Por ninguém ter sido oficialmente convocado a marchar, o governo britânico não pode fazer nada para os impedir de imediato.

Chegando no litoral, Gandhi, num gesto simbólico, pegou um pouco de sal. Os que o acompanhavam também pegaram. Em resposta, o governo britânico prendeu mais de 50 mil indianos, entre eles o próprio Gandhi.

Após as prisões, os britânicos acharam que tudo estava encerrado, no entanto, os que ficaram continuaram marchando. Dessa vez foram até os depósito de sal em Bombaim, ao norte do país. Cerca de 400 policiais os esperavam. Chegando perto do produto, a polícia golpeou a todos, que não reagiram de nenhuma forma.

A caminhada foi um percurso de 400 quilômetros e foi acabar apenas no dia 6 de abril daquele mesmo ano.

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios