Curiosidades

15 de março na história: Brasil deixa de ser “Estados Unidos” para se tornar “República Federativa”.

A mudança de nome ocorreu durante o Regime Militar. A "República dos Estados Unidos do Brasil" era utilizada desde 1891.

Em 15 de março de 1967 o Brasil mudou de nome. Durante o governo militar, sob o comando do general Arthur da Costa e Silva, o Brasil deixou de usar o nome oficial que vinha desde 1891. O país deixou de ser a “República dos Estados Unidos do Brasil” para ser “República Federativa do Brasil”.

A mudança se deu com a entrada em vigor da Constituição brasileira de 1967. Elaborada pelo Regime Militar, o documento foi chamado apenas de Constituição do Brasil, diferente das anteriores, chamadas de Constituição da República dos Estados Unidos do Brasil.

Em 1969, uma emenda na constituição reconfigurou o texto, que passou a se chamar Constituição da República Federativa do Brasil, que está em vigor até hoje. Um ano antes, em 1968, uma lei estabeleceu a troca de “Estados Unidos”, por “República Federativa”, em símbolos, brasões e selos oficiais.

Os “Estados Unidos” foram o sucessor do “Império do Brasil”.  A expressão estados unidos significava a postura do novo regime republicano, que deu fim ao Estado unitário do Império. A nova constituição baseava-se na forma de governo norte-americana.

Antes de ser Império o Brasil era chamados por outros nomes. Antes da independência o país já foi chamado de: Terra de Santa Cruz, Vice-Reino do Brasil e Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves e os índios chamavam de Pindorama.

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios