Curiosidades

18 de agosto na história: Morre Genghis Khan, imperador mongol

Khan ergueu o maior império comandado por um homem só de toda a história da humanidade

No dia 18 de agosto de 1227 morria, no nordeste da China e de causas desconhecidas, Genghis Khan, um príncipe mongol que unificou as tribos nômades do norte da Ásia, fundando o primeiro império mongol.

Por meio de sua liderança, os mongóis deram início a uma onda de conquistas que resultou na criação de um vasto território pela Europa Central até o sul da Ásia. No auge desta expansão, os mongóis conquistaram importantes reinos na Ásia, como o Império Jin no norte da China (1211-1216), o Império Tangut, o reino Kara-Kitán e o Império de Jorezm.

Após sua morte, o império mongol, que se estendia da Coreia até o mar Cáspio, foi dividido entre os seus quatro filhos, sendo que o terceiro deles, Ogodei, obteve maior poder de autoridade e foi eleito pela assembleia dos príncipes mongóis (1229). Ogodei consolidou as conquistas de seu pai e completou o domínio no norte da China (1234) e da Corea (1236) e estabeleceu o poder do império mongol sobre Georgia, Armênia e Cáucaso e também invadiu a Rússia e a planície do Danúbio.

Apesar de sua fama de conquistador cruel e impiedoso, Genghis Khan foi um soberano hábil e inteligente, que trouxe a paz e a ordem aos seus domínios, acabou com rivalidades tribais históricas e com o banditismo, criou novas vias de transporte, respeitou as diferentes crenças de seus súditos e, mesmo sem saber ler, soube valorizar a importância da escrita. A data do seu nascimento não é conhecida, mas ele nasceu no ano 1162, nas proximidades do rio Onon, perto do lago Baikal, na região da Sibéria, na Rússia.

 

Fonte: History.com

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios