Geral

Após ciclone, Moçambique sofre risco de surto de cólera

O ciclone Idai deixou milhares sem residência. Eles acabaram em refúgios sem condições de higiene.

Após mais de 10 dias da passagem do ciclone Idai, Moçambique agora corre um outro risco. O país está sob alerta de Cólera. Segundo autoridades, diversas mortes foram registras devido a doença.

Na região de Beira, cidade mais atingida pelo ciclone, a mais de 220 mil pessoas abrigadas em ambientes são condições de higiene. A Cruz Vermelha advertiu que Moçambique vive um momento muito delicado, com muitas ameaças e com comida escassa.

A cólera é uma doença transmitida através da ingestão de água ou alimentos contaminados e alastra-se em ambientes de pouca higiene.

Os últimos números mostram que 446 pessoas morreram desde a passagem do ciclone.

A Cruz Vermelha também informou que foram instalados dois hospitais de campo de emergência. Um voo de carga deve trazer voluntários e água tratada para atender 15 mil pessoas por dia.

 

Fonte: Agência Brasil EBC

 

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios