Política

Bolsonaro avisa via redes sociais que novas placas do Mercosul só para carros novos

A notícia é um alívio para proprietários de veículos que teriam que arcar com os custos de uma mudança desnecessária

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro usou as redes sociais para definir a regras de mudança de placas de todos os veículos no Brasil, ou seja, as placas do Mercosul que deveriam ser obrigadas para todos os veículos, passam a ser obrigadas somente para veículos novos e com um menor preço proposto no Governo do PT.

Veja na íntegra o recado do Presidente:

– PLACAS MERCOSUL –

1- As primeiras tratativas para unificar os modelos de placas dos paises do MERCOSUL iniciaram em 2010 durante o governo Lula. A placa MERCOSUL foi efetivamente criada em 2014, no governo Dilma, já com a participação da Venezuela.

2- O nosso Governo visando não trazer prejuízo para os proprietários fez alterações na nova placa. Retiramos a exigência de chips e dispositivos refletivos, por exemplo.

3- Não será exigido a troca de placas. As atuais valerão até o fim da vida útil do veículo. Placa nova apenas para carros novos ou em caso de furto ou dano.

4- Da maneira como estava previsto na Resolução 729/2018 (anterior ao atual governo), as placas custariam o dobro do preço das atuais e todos seriam obrigados a trocá-las. Seria um negócio bilionário para os fabricantes de placas evitado por nós.

5. Não será mais necessário trocar de placas sempre que trocar de município. As medidas adotadas significam R$ 2 bilhões/ano de economia para sociedade.

 

Etiquetas
Mostrar mais

info24

Baixe nosso aplicativo para seu celular ANDROID e receba todas notícias diariamente.

Artigos relacionados

Um Comentário

  1. Essa notícia está equivocada. Assisti integralmente a live do Bolsonaro e em nenhum momento ele afirma que “não precisa trocar a placa em caso de mudança de município”. Ao afirmar que “somente será obrigatório para veículo 0 km”, ele quis tranquilizar os milhões de desinformados que estavam achando que teriam que trocar a placa de seu próprio veículo, situação que nunca foi cogitada. Quando afirmou que não será mais necessário trocar a placa quando da mudança de município, ele se refere aos veículos que possuírem a nova placa Mercosul. E os tais 2 bilhões economizados, ele diz explicitamente que se dará pelo fato de terem retirados chips e outros detalhes que constavam no inicio do projeto de implantação. O fato concreto é que a partir de 31/01/20 a placa cinza, a tarjeta e o lacre “deixarão de existir”. Diante disso, vão ocorrer algumas situações onde será necessário trocar a placa cinza pela Mercosul, como por exemplo, no caso de alteração de município.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios