Esportes

Começam os treinos no Velo Città com pressão para o Líder Ramos e o jovem Bruno Baptista

Stock Car Brasil em Mogi Guaçu/SP

Com uma programação menos corrida do que foi na pista de Cascavel há duas semanas, a sétima etapa do Campeonato Brasileiro de Stock 2020 começa amanhã (sexta-feira), entre 13h35 às 14h45, no Autódromo Velo Città, interior de São Paulo, com os primeiros treinos livres para os dois grupos de participantes.

No sábado, entre 8h40 e 9h50, acontece o segundo treino extra-oficial e das 12h15 às 12h50, o Qualifying que definirá o grid de largada da primeira corrida do domingo, às 11 horas. Os treinos classificatórios e as duas corridas serão transmitidas, ao vivo, pelo Sport TV.

Essa tranquilidade de três dias entre treinos e corridas vai ser muito boa para todos os concorrentes, porém, não vai tirar a pressão de alguns pilotos em relação à disputa.

Um deles é o atual líder da temporada, Cesar Ramos, que terá 30 quilos a mais de peso no interior do seu Toyota Corolla. Até agora, nenhum dos pilotos que correu com o peso máximo do lastro do sucesso venceu uma corrida quando ele foi utilizado.

Assim, é provável que o líder Ramos, com 146 pontos,  tenha muita dificuldade de se manter na frente, principalmente em relação aos seus adversários mais próximos do campeonato, que carregarão menos peso de lastro em seus carros, como Ricardo Zonta (132 pontos e 25 kg), Thiago Camilo (130 points e 20 kg), Ricardo Maurício (130 pontos e 15 kg) e Rubens Barrichello (126 pontos e 10 Kg).

Já os demais pilotos não carregam peso dentro do carro e sim fora dele porque certamente precisam de melhores resultados para conseguirem ainda ter chance de disputar o título ou uma boa posição no término do campeonato.

É o caso, por exemplo, do jovem Bruno Baptista, de apenas 23 anos, que vem de uma sensacional vitória na principal corrida da última etapa, em Cascavel. Ocupa atualmente o 12º lugar do campeonato, com 90 pontos e tem como objetivo principal figurar entre os cinco melhores no final da temporada.

“Não vai ser fácil, sem dúvida. Principalmente porque, até agora, nenhum piloto venceu provas em duas etapas seguidas nessa temporada. Mas com a vantagem de não ter peso extra no carro, quem sabe, eu consiga novamente um pódio importante numa das duas corridas para chegar no meu objetivo final”, diz Bruno Baptista, piloto da equipe Toyota RCM Racing, que tem os apoios das empresas WebMotors, Hero, Pro Automotive, Loctite e NKK do Brasil.

Mostrar mais

info24

Baixe nosso aplicativo para seu celular ANDROID e receba todas notícias diariamente.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios