Geral

Danilo Gentili é condenado a seis meses de detenção por injúria contra deputada federal

A justiça Federal o condenou por fazer um vídeo de deboche rasgando uma solicitação de censura

A Justiça Federal condenou o apresentador e humorista Danilo Gentili a seis meses e 28 dias de detenção, em regime inicial semiaberto. A condenação é pelo crime de injúria contra a deputada federal Maria do Rosário (PT-RS). A sentença foi proferida ontem, 10, pela juíza federal Maria Isabel do Prado, da 5ª Vara Federal Criminal de São Paulo, em uma ação proposta pela parlamentar. Gentili poderá recorrer da sentença em liberdade.

A condenação é devido a um fato ocorrido em 2016. Na época, Gentili fez várias publicações de deboche a deputada. Maria do Rosário não gostou e a Procuradoria Parlamentar da Câmara dos Deputados solicitou que ele tirasse as mensagens do ar. Gentili fez um vídeo de deboche resgando a solicitação, esfregando-a em suas parte intimas e enviando de volta para a deputada.

Veja o vídeo

A juíza ressaltou que a liberdade de expressão e de informação constitui um dos pilares essenciais do Estado de Direito, estabelecida na Constituição Federal. A magistrada pontuou que, da colisão de direitos fundamentais em que alguém ultrapassa a linha da ética, surge no Estado de Direito a tutela penal como legítimo instrumento de contenção contra o uso abusivo da liberdade de expressão.

“Tal postura deixou absolutamente clara a real intenção de injuriar, ou seja, a ideia de gravar o deplorável vídeo doméstico teve caráter de resposta em retaliação contra a manifestação da vítima, não devendo jamais ser confundido como uma simples peça humorística espontaneamente criada independente do intuito de injuriar”, acrescentou a juíza.

Apesar de condenação, Gentili tira sarro da situação. Ele chegou até mesmo a pedir, ironicamente, que a Maria do Rosário o defendesse “Se eu estuprar e matar alguém ao invés de fazer piada com político você me defende da prisão?”.

 

Fonte: Agência Brasil EBC

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios