Polícia

Homicídio de jovem em Mogi Guaçu pela PM e Civil; tiro acidental

Trágico

Atualizado as 20h23.

A Polícia Civil (DIG), sob o comando da Delegada Dr. Edna Elvira Salgado Martins e Policiais Militares esclareceram o homicídio que aconteceu em uma estrada rural do Bairro Rural Mato Seco, Mogi Guaçu nesta quinta (13).

Segundo o que foi informado, Aurindo Pereira da Silva de 24 anos, o jovem que morreu com um tiro na cabeça saiu com mais três amigos para caçar capivaras. Eles carregavam duas carabinas na Ford Belina, uma calibre 38 e uma 32. Durante o trajeto, uma das armas que estavam enroladas  em um pano  no assoalho, parte da frente disparou e acertou o  abdome do ocupante do banco da frente, o projetil transfixou e acertou a cabeça de Aurindo, o qual morreu instantaneamente.

Um dos ocupantes do carro se evadiu do local e levou as armas, onde acabou as enterrando em um pomar de laranja, o motorista foi que chamou a Polícia Militar, a qual acabou conduzindo o baleado até a Rodovia SP 340, onde o SAMU e a RENOVIAS prestaram socorro e o conduziu para a Santa Casa. O motorista acabou inventando a história de que havia ocorrido um assalto, mas acabou confessando a verdade. A PM junto os Policiais Civis da DIG chegaram ao homem que escondeu as armas e ele os levou até o local.

A ocorrência foi registrada como homicídio culposo, apenas o dono do carro que é dono das armas vai responder pelo crime em liberdade, pois pagou fiança.

Mostrar mais

info24

Baixe nosso aplicativo para seu celular ANDROID e receba todas notícias diariamente.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios