Polícia

Homem é preso por participar de homicídio em Martim Francisco (Mogi Mirim)

A operação teve início ainda madrugada, por volta das 4h, e foi coordenada pela Polícia Civil de Mogi Mirim, com apoio da Guarda Civil Municipal

Elivaldo Barboza da Silva, 36 anos, foi preso na manhã desta sexta-feira, dia 20, com um mandado de prisão temporária 30 dias, expedido pela Justiça local, por participação no homicídio de Victor Eloi Vital Garcia, 27, morto a tiros no dia 27 de novembro.

A operação teve início ainda madrugada, por volta das 4h. A prisão realizada pela Polícia Civil de Mogi Mirim, com apoio da Guarda Civil Municipal, foi acompanhada desde o início pela equipe do Portal da Cidade Mogi Mirim e ocorreu na rua Rua Mario Piovanezi, no distrito de Martim Francisco. Segundo investigação policial, Elivaldo tem participação direta no crime.

Vítor foi assassinado na madrugada do dia 27 de novembro, em um crime registrado pelas câmeras de vigilância que funcionam em um estabelecimento onde Vítor trabalhava. A imagem mostra o exato momento em que a vítima é abordada.

Pelas imagens é possível ver que Victor conduz sua moto, uma NX 150, e lentamente passa em frente ao estabelecimento como se estivesse verificando algo suspeito. Neste momento, dois homens chegam a pé pelas costas e efetuam diversos disparos, fugindo em seguida.

As primeiras informações levaram a polícia a trabalhar com a hipótese de vingança. Em abril deste ano, Victor, para defender uma moça e agindo em legitima defesa, acabou matando Mauricio Ramos de Freitas, na época com 26 anos.

Maurício Freitas chegou a ser internado na UTI da Santa Casa de Mogi Mirim, mas morreu no mesmo dia. O caso ocorreu na rua Albino Fernandes de Barros e envolveu um homem identificado como Maurício.

Segundo relatos policiais, a ex-mulher estava em casa e ouviu disparos de arma de fogo e um forte barulho de moto na frente de residência. No mesmo dia, ela teria recebido mensagens do ex-marido Maurício, com supostos xingamentos contra ela e contra seus familiares.

Temendo a sua segurança, a mulher ligou para um vigia de nome Victor, que foi até a casa dela e de lá ligou para Maurício. O vigia alega que eles se conheciam. Mas, o ex-marido voltou para a frente da casa e os dois começaram a discutir, não se sabe exatamente o que teria sido a causa.

Segundo os relatos policiais, Maurício saltou da moto ainda em movimento e entrou em briga corporal com Victor. Ocorreram disparos. O ex-marido ficou ferido e após ser chamado o resgate, foi levado até a Santa Casa.

A polícia recolheu a arma de Mauricio e constatou que havia três projéteis deflagrados. Foi o segurança que chamou o resgate e que entregou as armas para a polícia.

Fonte: Maria Clara Cunha Canto/Portal Cidade de Mogi Mirim

Mostrar mais

info24

Baixe nosso aplicativo para seu celular ANDROID e receba todas notícias diariamente.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios