Polícia

Imagens fortes: polícia estoura rinha de cães e encontra churrasco de carne de cachorro

A Polícia Civil do Paraná começou as investigações sobre a competição entre pit bulls há quatro meses; a rinha funcionava em uma chácara na Grande São Paulo

Quarenta pessoas foram presas em uma rinha internacional de cães localizada na cidade de Mairiporã, na Grande São Paulo, durante uma operação conjunta entre a Polícia Civil do Paraná e o Departamento de Polícia de Proteção à Cidadania (DPPC ) de São Paulo, na noite deste sábado (14). (Veja galeria de fotos abaixo)

De acordo com a polícia, foram resgatados 19 cães da raça pit bull extremamente machucados, enquanto um cão foi encontrado já morto. Os animais foram encaminhados a uma Organização Não Governamental (ONG), onde receberão todos os cuidados necessários.

Um pedaço de carne de cachorro que era servido como churrasco aos participantes do evento criminoso foi apreendido.

Presos

Entre os presos estão um médico, um veterinários, um policial militar e cinco estrangeiros. Todos foram encaminhados para a Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente e devem responder por associação criminosa, maus-tratos contra animais com agravante de morte e jogo de azar.

médico e o veterinário seriam responsáveis pela reabilitação dos animais feridos para as próximas lutas. Também foram apreendidos troféus e camisetas com a listagem das competições entre os cachorros.

Ainda segundo a polícia, duas crianças, de 12 e 14 anos, estavam no local e foram deixadas para trás pelo próprio pai após a chegada dos policiais. O homem teria a guarda compartilhada dos filhos e alegou para a ex-mulher que iria levá-los para praia. Ele deverá ser enquadrado no crime de abandono de incapaz.

Investigação

A Polícia Civil do Paraná investigava um criador de pit bulls de Curitiba e um treinador de São José dos Pinhais, na região metropolitana na capital, quando descobriu sobre o funcionamento da rinha, há mais de quatro meses.

Os investigadores chegaram até eles depois que uma denúncia anônima informou que um treinador de cães estaria preparando um animal para a competição internacionalmarcada para o fim de semana, em Mairiporã.

Com a localização da chácara onde ocorriam os eventos a polícia contou com o apoio do estado vizinho para realizar a operação.

Foi descoberto que para as lutas entre os cachorros, os competidores traziam seus próprios cães, todos da raça Pitbull, que eram colocados para brigar em uma arena improvisada. Muitas vezes, os animais competiam até a morte.

Em nota, a Polícia Militar informou que “a ocorrência está em andamento no Departamento de Polícia de Proteção à Cidadania e, se comprovada a participação de algum membro de suas fileiras, adotará as medidas legais cabíveis“.

Fonte:https://ricmais.com.br/

Etiquetas
Mostrar mais

info24

Baixe nosso aplicativo para seu celular ANDROID e receba todas notícias diariamente.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios