Polícia

Mulher de 22 anos é agredida e morta pelo companheiro dentro da cadeia

Visita íntima acaba em homicídio

Um bandido, detendo de 25 anos, é acusado de matar sua companheira, uma jovem, de 22 anos, durante uma visita íntima no Centro de Detenção Provisória (CDP), de Jundiaí (SP), neste  domingo (27).

Nicolly Guimarães Sapucci e Michel Denis Freitas teriam iniciado a discussão em cima de uma beliche e chegaram a cair no chão.

Nicolly recebeu vários chutes no rosto e de acordo com testemunhas, ficou com o rosto completamente desfigurado. Ela chegou a ser encaminhada para o Hospital São Vicente de Paulo, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

O bandido presidiário Michel, que cumpre pena por roubo, foi autuado em flagrante por homicídio. O caso foi encaminhado para a Delegacia de Defesa da Mulher (DDM).

O corpo da jovem foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Jundiaí e será liberado para a família, que mora em Bragança Paulista (SP). Com informações, RápidonoAr.com.br.

Mostrar mais

info24

Baixe nosso aplicativo para seu celular ANDROID e receba todas notícias diariamente.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios