Geral

Mulher é presa nos EUA por forçar filhos adotivos a aparecerem em vídeos no YouTube

A mulher agredia as crianças quando não queriam participar das gravações

Uma mulher de 48 anos foi presa no estado do Arizona, Estados Unidos. Ela é acusada de abusar de sete filhos adotivos. Segundo as autoridades, a mãe, Machelle Hackney, forcava as crianças a estrelarem vídeos no YouTube. Outros dois filhos adultos da mulher foram detidos.

De acordo com a rede de televisão CBS, as crianças foram resgatadas malnutridas, e suspeita-se que a mulher jogava spray de pimenta contra elas. A mulher também as trancaria dentro de uma armário durante dias seguidos, sem alimentação, água ou acesso ao banheiro.

A mulher obrigava as crianças a participarem de vídeos para o YouTube. Seu canal tinha mais de 700 mil seguidores e mais de 240 milhões de visualizações.

Os vídeos mostravam as crianças brincando e jogando, sem demonstrar em algum momento que as crianças sofriam qualquer tipo de agressão.

A mulher ganhava dinheiro com os vídeos. A polícia não informou quanto. O YouTube informou que já desmonetizou o canal.

Machelle também possuía quatro filhos legítimos. Os dois que foram presos só confirmaram a história depois de detidos.

Um deles admitiu que levava comida para as crianças, escondido da mãe. Ambos respondem por terem se omitido de denunciar o abuso. Uma outra filha foi quem denunciou o que estava acontecendo.

A mãe vai enfrentar sete acusações de abuso infantil, uma para cada filho adotivo. Ela também responde por cárcere privado e negligência infantil.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios