Polícia

Professor é preso por armazenar pornografia infantil no Guarujá

Computadores com vídeos e imagens foram encontrados em sua residência

Um professor de língua portuguesa, de 27 anos, foi preso em flagrante por armazenar vídeos e fotos de pornografia infantil em casa. O casso ocorreu em Guarujá, no litoral de São Paulo. Alan Rocha da Silva foi detido dentro da escola em que trabalhava.

Segundo a Polícia Civil, a ação foi coordenada por agentes da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Santos. Após apuração, eles cumpriram mandato de busca e apreensão na casa do professor.

No local, foram encontrados HD’s, pendrives e computadores, com centenas de arquivos de foto e vídeo com cenas de sexo envolvendo crianças e adolescentes.

Computadores encontrados na residência. Foto: Divulgação/Polícia Civil

 

A polícia o prendeu em flagrante pelo crime do artigo 241-B, do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), de adquirir, possuir ou armazenar, por qualquer meio, fotografia ou vídeos com cenas de sexo envolvendo criança ou adolescente.

O professor foi levado para a Delegacia Sede da cidade, onde permanece preso. Todo o material apreendido será submetido à perícia do Instituto de Criminalística de Santos.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios